Especialistas em Crédito Habitação Com o apoio da UCI União de Créditos Imobiliários
A retoma do Crédito Habitação
A retoma do Crédito Habitação

A retoma do Crédito Habitação

Artigo de Blogue da categoria Crédito Habitação
27 abr 2018

O ano em que se voltou a comprar casa.

Casas. A procura de casas. O preço das casas. A localização das casas. O investimento em casas. Foram temas constantemente debatidos em 2017. De repente parece que a história se inverteu e o mundo descobriu Portugal. Na verdade, parece que até os portugueses descobriram Portugal, e assim começou a corrida aos investimentos no imobiliário. Uma parada de estrelas começou a desfilar por Lisboa e cruzarmo-nos com Madonna, Michael Fassbender ou Monica Belluci no café tornou-se numa possibilidade bem mais real. Mas, afinal de contas, o que nos dizem os números sobre o imobiliário em 2017?

Crédito Habitação em clara ascensão
Um reflexo imediato do aumento da venda de casas é o crescimento dos valores de Crédito Habitação concedido. Segundo o Banco de Portugal, em 2017 o montante concedido para novas operações de Crédito Habitação chegou aos 8.261 milhões de euros, o que representa um aumento de 43% face a 2016 e de 327% em relação a 2012, o ano em que os efeitos da crise se fizeram sentir de forma mais rigorosa, não se chegando aos 2.000 milhões de euros de crédito atribuído. Mas mesmo assim, ainda estamos longe dos valores praticados antes da crise, que em 2009 foram de 13.526 milhões de euros.
Há uma conjugação de fatores que contribuiu para que em 2017 se tenha chegado a estes números, o mais óbvio dos quais é o aumento da procura. Se há mais pessoas a quererem comprar casa, há também uma maior necessidade de crédito, é simples. Mas há que ter também em conta que, não conseguindo a oferta acompanhar a procura, os preços começaram a subir e os números falam por si: segundo o INE, que analisa a avaliação bancária na habitação (link para http://www.creditohabitacao.com/artigos/blogue/show/como-o-banco-avalia-a-sua-casa-1/), em 2017 o valor por metro quadrado em Portugal chegou aos 1.122€, um aumento de 5,1% face a 2016. E os valores de venda dos imóveis ainda são mais elevados. Dados do Confidencial Imobiliário apontam para que o preço por metro quadrado das casas à venda em 2017 fosse de 1.223€, chegando em Lisboa aos 1.532€. Os valores de venda praticados, que estão a subir ininterruptamente desde julho de 2016, representaram um aumento de 12,8% em 2017, o crescimento anual mais intenso desde 1992.

Segundo o Banco de Portugal, em 2017 o montante concedido para novas operações de Crédito Habitação chegou aos 8.261 milhões de euros.

Mas para além da incapacidade da oferta acompanhar a procura, há outro fator que tem contribuído para a subida de preços: o investimento estrangeiro. Com maior poder de compra, os investidores estrangeiros conseguem suportar preços que são inacessíveis à maioria dos compradores portugueses. Segundo a APEMIP, 1/5 das casas compradas em Portugal em 2017 foram adquiridas por compradores estrangeiros, destacando-se os franceses, que representam 29% desses compradores, e os brasileiros, que já chegam aos 19%, seguidos dos ingleses, chineses e angolanos. O fado “Lisboa, Não Sejas Francesa” está cada vez mais atual, só lhe faltando a referência ao Brasil para ser rigoroso.


Vender casas, um dos lemas de 2017
Perante o cenário apresentado, é natural que tenha havido também mais pessoas a quererem entrar no setor imobiliário. E também nesta área os números são impressionantes. Basta dizer que mais de metade das mediadoras imobiliárias atuais surgiram nos últimos 2 anos. Só em 2017 foram licenciadas 1.385 mediadoras, o que representa cerca de 4 novas agências imobiliárias por dia.

Mas com tanta gente a querer vender e comprar imóveis, só há um pequeno problema: não há oferta que chegue para todos, o que tem em alguns casos levado a soluções criativas, especialmente em Lisboa, onde já se encontram lojas a serem vendidas para habitação, uma vez que podem chegar a preços médios 25% a 30% inferiores aos das casas. A razão para esses valores mais em conta prende-se com o facto de se deixar ao novo proprietário o encargo de proceder ao processo burocrático e administrativo que essa transformação para habitação requer.

A maior rentabilidade da habitação no centro de Lisboa e do Porto está a levar também à reconversão de escritórios. E até há quem faça dinheiro com o imobiliário sem chegar a comprar ou vender uma casa, fazendo contratos de compra e venda e depois cedendo a sua posição a terceiros. Não é uma prática generalizada, mas é uma tendência que se tornado mais comum.

Aprender com o passado
Perante a euforia que se tem vivido no setor, o Banco de Portugal sentiu a necessidade, ainda em 2017, de impor regras mais restritivas ao Crédito Habitação, procurando defender os interesses de quem compra casa, para que os clientes tomem decisões informadas. Foi por isso introduzida a FINE, um documento que permite comparar simulações de crédito habitação, e que, em termos gerais, harmoniza a informação sobre as propostas de crédito habitação para os consumidores.

Criou-se também um período de reflexão obrigatório de 7 dias, a contar do momento em que é apresentada a proposta de crédito, só se podendo avançar com a contratação após esse período, evitando assim a tomada de decisões a quente, sem analisar bem todas as informações.

Mas mesmo assim o mercado continua em alta, e 2018 começou com aumentos de 15% e 28% do montante de novas operações de Crédito Habitação em janeiro e fevereiro, respetivamente, face ao período homólogo. Adivinha-se portanto que 2018 seja um prolongamento daquilo que já se verificou em 2017, com o Crédito Habitação em alta, o que é uma boa notícia para quem precisa de comprar casa e recorrer a financiamento.

Este artigo foi útil?
Partilhe o artigo!
Junte-se à conversa! 0 Comentários Deixe-nos os seu comentário
Junte-se à conversa! O que pensa sobre este artigo? Deixe-nos o seu comentário
 
 
   
Tratamento de Dados Pessoais Saber mais
Enviar
*Campos obrigatórios Aviso: Os comentários dos utilizadores são publicados após validação do Crédito Habitação.com. O Crédito Habitação.com não publicará comentários que não respeitem os Termos e Condições de Utilização ou que não se enquadrem nos objetivos ou linha editorial do site.
Consulte os Termos e Condições de Utilização
Ver Também
Dicas e Conselhos
Outros artigos do Blogue sobre
Crédito Habitação
Taxa Variável ou Taxa Fixa? Qual a melhor opção?
Taxa Variável ou Taxa Fixa? Qual a melhor opção? Se ainda não se sente suficientemente esclarecido para tomar esta decisão, com este artigo esperamos que... Leia mais
Amortizar o Crédito Habitação
Amortizar o Crédito Habitação O Crédito Habitação é uma das responsabilidades com maior impacto nas finanças e na... Leia mais
Custos do Crédito Habitação
Custos do Crédito Habitação Se está a pensar pedir um Crédito Habitação, não se assuste com o valor das... Leia mais
Transferência de Crédito: Vale a pena mudar?
Transferência de Crédito: Vale a pena mudar? Se já tem Crédito Habitação poderá fazer sentido saber se existe vantagem em... Leia mais
Tudo o que precisa saber sobre o IMI
Tudo o que precisa saber sobre o IMI É muito provável que já tenha ouvido falar sobre IMI. E se já é ou vai tornar-se... Leia mais
Mais sobre Crédito Habitação
Outras Dicas e Conselhos sobre
Crédito Habitação
Comprar a primeira casa
Comprar a primeira casa 8 passos para tornar o sonho de comprar casa uma realidade. Leia mais
Comparar Simulações de Crédito Habitação
Comparar Simulações de Crédito Habitação Como tirar partido da FINE? Leia mais
As 7 chaves do Crédito Habitação
As 7 chaves do Crédito Habitação Tudo o que precisa de saber para aprovar o seu Empréstimo Leia mais
Proteger o Crédito Habitação (Seguros Obrigatórios)
Proteger o Crédito Habitação (Seguros Obrigatórios) Está a pensar Comprar Casa? Conheça os Seguros obrigatórios e como é que eles podem... Leia mais
O Crédito Habitação em 6 passos
O Crédito Habitação em 6 passos A formalização do Crédito Habitação é, sem dúvida, um dos passos... Leia mais
Ver Todos
Faça aqui a sua Simulação de Crédito! Escolha uma opção. Calcule a sua Prestação faça uma SImulação de Crédito ou submeta o seu Pedido de Empréstimo Online.
Com o apoio:
UCI União de Créditos Imobiliários
Fale com um<br/>Especialista Fale com um
Especialista
Colocamos à sua disposição uma equipa de especialistas em Crédito Habitação para analisar o seu caso. Sem qualquer compromisso ou custo inicial. Pedir Contacto
Partilhe comentarios amigo
Tudo sobre Crédito Habitação
Recomende este artigo aos seus amigos
Basta preencher o formulário.
O seu Nome
 
O seu E-mail*
   
O Nome do seu Amigo*
 
O E-mail do seu Amigo*
   
Mensagem
*Campos obrigatórios
Tratamento de Dados Pessoais Saber mais
Fale com um especialista
Fale com um especialista
Consultório
de Crédito Habitação
Tem dúvidas? Envie-nos a sua pergunta que nós respondemos.
A sua pergunta *
 
O seu Nome *
 
O seu E-mail *
   
Está a pensar comprar casa nos próximos 6 meses? *
 
* Campos obrigatórios
Tratamento de Dados Pessoais Saber mais
Consulte os Termos e Condições de Utilização
Fale com um especialista Fale com um Especialista
Com o apoio:
Preencha com os seus dados e um especialista em Crédito Habitação da UCI, União de Créditos Imobiliários, entrará em contacto consigo para analisar o seu caso. Sem qualquer compromisso ou custo inicial
O seu Nome*
 
O seu E-mail*
   
O seu Telefone*
 
Está a pensar comprar casa nos próximos 6 meses?
 
*Campos obrigatórios
Tratamento de Dados Pessoais Saber mais
x
O nosso website utiliza cookies próprias e de terceiros para ajudar a melhorar a sua experiência de utilização. Se continuar a navegar no website, entendemos que aceita a utilização dessas cookies. Esperamos que esteja de acordo. Pode obter mais informação sobre esta matéria, através da nossa Política de Utilização de Cookies. Política de Utilização de Cookies.
Tratamento de Dados Pessoais

O www.creditohabitacao.com é propriedade da UCI, SA – Sucursal em Portugal. Para podermos responder à sua solicitação, contactá-lo-emos via telefone ou e-mail e com o nome que nos disponibilize. Estes dados são utilizados pela UCI (Unión de Créditos Inmobiliarios S.A. ESTABELECIMIENTO FINANCIERO DE CRÉDITO (SOCIEDAD UNIPERSONAL) - SUCURSAL EM PORTUGAL) apenas para poder contactá-lo e responder às questões ou pedidos de informação que nos apresente. Não conservaremos nem utilizaremos os seus dados para qualquer outra finalidade e (a menos que estejamos legalmente obrigados a fazê-lo) não os disponibilizaremos a nenhum terceiro.

Se desejar saber mais acerca dos aspetos legais deste procedimento, e em particular sobre como protegemos a sua privacidade, consulte o documento Informação Adicional sobre Proteção de Dados.