Este site tem o apoio da UCI União de Créditos Imobiliários
Como é que o Banco o vê?
Como é que o Banco o vê?

Como é que o Banco o vê?

14 out 2014

Aqui está um road map para o ajudar a perceber como é que pode ser um candidato mais apetecível para a Instituição de Crédito. Afinal o que é que os bancos valorizam na hora de analisar os seus clientes para conceder crédito habitação?

Hoje, mais do que nunca, esta é uma questão que interessa a muitos portugueses, sobretudo porque a instabilidade financeira fez com que os bancos se tornassem cada vez mais exigentes e apertassem os seus critérios de concessão. De facto, nos tempos que correm aceder a financiamento já não é mais uma tarefa fácil. Mas não pense que é impossível! De seguida partilhamos consigo o que é que os bancos valorizam mais nos clientes na altura de analisarem um pedido de empréstimo. 

 

Aqui está uma lista de critérios e conselhos que o podem ajudar a tornar-se naquele cliente que o banco tanto gosta:

 

Critério 1. Explicar o seu caso

Para que a instituição de crédito lhe conceda financiamento, antes de mais nada será necessário conhecer o seu caso, as suas motivações, perceber a sua real situação, as suas expectativas e as razões porque está a comprar casa. Para que a instituição de crédito confie em si, tem primeiro você de confiar nela e apresentar o seu caso de uma forma clara e objetiva. Assim, será mais fácil encontrar uma solução para o seu caso e evitar que surjam surpresas inesperadas no decorrer do processo. 

 

Dica: Procure documentar muito bem a operação logo desde o início, facultando toda a informação solicitada à instituição financeira. Procure ser minucioso e evidenciar os detalhes que comprovem que possui um perfil estável e cumpridor das suas obrigações. Se possui fiadores e outras garantias adicionais para a operação apresente-as logo desde o início demonstrando o seu interesse na aprovação e o envolvimento na operação. 

 

Critério 2. Pedir um empréstimo à sua medida

Peça empréstimo para a casa que pode ter, não para a que sonha ter. Avalie bem a sua capacidade financeira, os seus encargos fixos e procure adquirir uma casa que represente um encargo que pode suportar e que não coloque em risco a estabilidade financeira do seu agregado familiar. Procure ser conservador nessa análise, protegendo-se das eventuais oscilações da prestação devido às subidas e descidas das taxas de juro, para que o encargo com a prestação não se torne uma despesa incomportável para a sua família. A última coisa que os Bancos querem é que deixe de pagar a prestação, por isso, eles vão procurar fazer uma análise ainda mais conservadora.

 

Dica: Antes de pedir o empréstimo e antes mesmo de procurar casa, verifique com um especialista em Crédito Habitação qual é a sua capacidade financeira e qual o montante de empréstimo que lhe poderá ser concedido. Depois procure imóveis que se encontrem dentro desse limite.

 

Critério 3. Não pedir a totalidade do valor do imóvel

Resultado das dificuldades de acesso a liquidez, a maioria dos bancos viu-se na obrigação de apertar os seus critérios de concessão e reduzir o risco de exposição ao crédito. Consequentemente, a aprovação de empréstimos com percentagens de financiamento mais elevados deixou de ser uma realidade. Quanto maior for a percentagem de financiamento, maior será o risco da operação e, maior será também a probabilidade do Banco não estar interessado em assumir o risco do financiamento.     

 

Dica: Para conseguir convencer a instituição de crédito a conceder-lhe o empréstimo, procure dispor de uma quantia para dar de entrada e não solicitar a totalidade do valor do imóvel. Quanto maiores as garantias que apresentar ao banco, maiores as probabilidades de conseguir a aprovação.

 

Critério 4. Escolher um imóvel que valorize

Ao conceder um empréstimo para habitação, a instituição está a assumir como garantia do financiamento o imóvel. É fácil perceber que esse imóvel é um bem precioso, não só para os clientes que estão a comprar, mas também para a instituição de crédito que fica com esse imóvel como garantia. Percebendo que o mercado imobiliário atravessa um período de alguma incerteza, ao procurar um imóvel escolha zonas que possuam algum potencial de valorização imobiliária, isto é, zonas ou imóveis que, pelas suas características, sejam mais valorizados e apetecíveis para o mercado imobiliário.     

 

Dica: Procure saber tudo sobre o imóvel e a zona onde está a comprar: se há muitas casas há venda, se é uma zona com procura imobiliária, se os materiais de construção do edifício e do imóvel são bons, se existem projetos imobiliários e infraestruturas previstos para a zona, se é uma zona com boas acessibilidades e serviços, se possui escolas próximas, enfim, se é um bom negócio e que pode vir a valorizar. Mais do que ninguém um especialista, por exemplo um mediador imobiliário, poderá ajudá-lo a perceber o mercado e a encontrar um bom imóvel e que seja bem valorizado pelo Banco.  

 

Critério 5. Ter uma situação Profissional e Financeira estável

O perfil de risco dos clientes é determinante para a instituição financeira, por isso, a situação profissional e o vínculo com a entidade patronal são fatores determinantes na aprovação de um Crédito Habitação. Quanto mais estável for a situação profissional dos proponentes e das empresas para as quais trabalhem, maior será a probabilidade de possuir um perfil financiável para a instituição de crédito. Seguindo este raciocínio as instituições de crédito tenderão a valorizar clientes com contratos de trabalho mais duradouros, com antiguidade nas empresas e que trabalhem em empresas sólidas e de maior dimensão.

 

Dica: Quem vive uma situação de trabalho temporário ou está contrato a tempo, pode encontrar maiores dificuldades em conseguir a aprovação do Crédito Habitação. Se é o seu caso e está a pensar contrair um Crédito Habitação, então pense melhor pondere esperar até a sua situação profissional se tornar mais estável e definitiva. Até lá pode ser uma boa ideia começar a colocar algumas poupanças de lado para fazer face aos custos inicias e para dar de entrada no pedido de Crédito Habitação.

 

Critério 6. Ter uma Taxa de Esforço baixa

A taxa de esforço é um dos indicadores utilizados pelas instituições de crédito para avaliarem a viabilidade e a capacidade financeira dos clientes. Esta taxa traduz, na prática, a relação entre os rendimentos do agregado familiar e os seus encargos fixos. Considerando o encargo mensal com a prestação de Crédito Habitação e os encargos fixos com outras responsabilidades (por exemplo créditos pessoais) a situação ideal é uma taxa de esforço que se situe abaixo dos 35% ou 40%.  

 

Dica: Se possui outros créditos, considere a sua liquidação antes de avançar com o pedido de empréstimo para não prejudicar a taxa de esforço. Procure pedir também um montante de empréstimo condizente com os seus rendimentos e encargos. Recorde-se que quanto maior for a taxa de esforço, maior será o peso dos créditos no seu orçamento familiar e, portanto, maior será o risco da operação. Mais importante, os bancos tendem a evitar clientes com elevado perfil de endividamento e que possuem muitos créditos, por isso, pense duas vezes antes de pedir um crédito pessoal.

 

Critério 7. Não ter incidências bancárias

Ter um passado de bom pagamento e cumprimento das responsabilidades de crédito é essencial para que o banco o veja como um bom cliente. Quando solicitar o seu empréstimo, a instituição financeira irá verificar junto do Banco de Portugal o historial das suas responsabilidades de crédito, para verificar se existe registo de alguma incidência ou incumprimento.  No caso de existirem incidências, sobretudo se forem graves, será mais difícil que a instituição de crédito lhe conceda o empréstimo.     

 

Dica: Mantenha uma atitude responsável e cumpra com as suas responsabilidades de crédito ao longo da sua vida. Procure não contrair créditos em número elevado, acima das suas possibilidades e que coloquem em risco a sua estabilidade financeira. Tenha presente a data de cobrança das prestações de crédito e procure ter a sua conta sempre aprovisionada para fazer face a esses encargos.    

 

Critério 8. Apresentar garantias ao Banco

Para reforçar as operações de financiamento as instituições de crédito podem pedir, a dada altura, a apresentação de fiadores ou outras garantias adicionais para reforçar a operação. Isso irá permitir ao Banco uma maior segurança e salvaguardar o pagamento das prestações quando os clientes deixam de poder pagar. 

 

Dica: Quanto maior for o envolvimento com o banco, maiores as probabilidades da operação ser aprovada. Se possui alguém que aceita ser seu fiador no Crédito Habitação, sobretudo se forem familiares próximos e com estabilidade financeira, use esse facto para convencer o banco a conceder-lhe o empréstimo que necessita.  

 

Critério 9. Procurar uma solução adaptada às suas necessidades

Os Bancos e instituições financeiras disponibilizam diferentes tipos de soluções e de produtos financeiros – por isso, deve procurar uma solução que se adapte às suas necessidades. Tenha também em conta que alguns Bancos poderão estar mais vocacionados para determinado tipo de operações, ou perfil de clientes.

 

Dica: Procure encontrar uma instituição que se adapte ao seu perfil. Peça várias simulações, pesquise na Internet, procure agendar reuniões com um gestor do banco ou tente conhecer os diferentes produtos e opções do mercado. Um destes produtos poderá adaptar-se mais à sua situação.

 

Lembre-se que os bancos, apenas estão mais exigentes porque precisam de garantir segurança e o mínimo de risco na hora de conceder um empréstimo. Se quer aceder a Crédito Habitação, precisa de ser esse cliente apetecível, precisa ter o perfil certo e seguir estas dicas que lhe deixamos.

 

Para o ajudar a calcular o seu empréstimo, colocamos à sua disposição o Simulador Quanto Posso Gastar que lhe irá permitir perceber, de acordo com o seu rendimento e encargos, qual o valor da prestação e de empréstimo adequado para o seu caso. Experimente!

Este artigo foi útil?
Partilhe o artigo!
Ver Também
Blogue
Outras Dicas e Conselhos sobre
Crédito Habitação
Como é que o Banco o vê?
Como é que o Banco o vê? Aqui está um road map para o ajudar a perceber como é que pode ser um candidato mais apetecível... Leia mais
O Crédito Habitação em 6 passos
O Crédito Habitação em 6 passos A formalização do Crédito Habitação é, sem dúvida, um dos passos... Leia mais
As 7 chaves do Crédito Habitação
As 7 chaves do Crédito Habitação Tudo o que precisa de saber para aprovar o seu Empréstimo Leia mais
Proteger o Crédito Habitação (Seguros Obrigatórios)
Proteger o Crédito Habitação (Seguros Obrigatórios) Está a pensar Comprar Casa? Conheça os Seguros obrigatórios e como é que eles podem... Leia mais
Mais sobre Crédito Habitação
Outros artigos do Blogue sobre
Crédito Habitação
Contratação de Produtos para baixar o Spread
Contratação de Produtos para baixar o Spread Subscrever produtos é um bom negócio para o seu Crédito Habitação?  Leia mais
Transferência de Crédito: Vale a pena mudar?
Transferência de Crédito: Vale a pena mudar? Se já tem Crédito Habitação poderá fazer sentido saber se existe vantagem em... Leia mais
Seguros Não Obrigatórios do Crédito Habitação
Seguros Não Obrigatórios do Crédito Habitação Conheça os Seguros não obrigatórios do Crédito Habitação e como é que... Leia mais
Taxas de Juro negativas! O que acontece?
Taxas de Juro negativas! O que acontece? Como será calculada a taxa de juro da prestação se a tendência negativa da Euribor se... Leia mais
Obrigações do Banco e do Cliente
Obrigações do Banco e do Cliente Está a pensar contratar (ou já contratou) um Crédito Habitação? Já sabe quais... Leia mais
Ver Todos
Faça aqui a sua Simulação de Crédito! Escolha uma opção. Calcule a sua Prestação faça uma SImulação de Crédito ou submeta o seu Pedido de Empréstimo Online.
Com o apoio:
UCI União de Créditos Imobiliários
Fale com um<br/>Especialista Fale com um
Especialista
Colocamos à sua disposição uma equipa de especialistas em Crédito Habitação para analisar o seu caso. Sem qualquer compromisso ou custo inicial. Pedir Contacto
Partilhe comentarios amigo
Tudo sobre Crédito Habitação
Recomende este artigo aos seus amigos
Basta preencher o formulário.
O seu Nome
 
O seu E-mail*
   
O Nome do seu Amigo*
 
O E-mail do seu Amigo*
   
Mensagem
*Campos obrigatórios
 
Fale com um especialista
Fale com um especialista
Consultório
de Crédito Habitação
Tem dúvidas? Envie-nos a sua pergunta que nós respondemos.
A sua pergunta *
 
O seu Nome *
 
O seu E-mail *
   
Está a pensar comprar casa nos próximos 6 meses? *
 
* Campos obrigatórios
 
Consulte os Termos e Condições de Utilização
Fale com um especialista Fale com um Especialista
Preencha com os seus dados e um especialista em Crédito Habitação da UCI, União de Créditos Imobiliários, entrará em contacto consigo para analisar o seu caso. Sem qualquer compromisso ou custo inicial
O seu Nome*
 
O seu E-mail*
   
O seu Telefone*
 
Está a pensar comprar casa nos próximos 6 meses?
 
*Campos obrigatórios
 
x
O nosso website utiliza cookies próprias e de terceiros para ajudar a melhorar a sua experiência de utilização. Se continuar a navegar no website, entendemos que aceita a utilização dessas cookies. Esperamos que esteja de acordo. Pode obter mais informação sobre esta matéria, através da nossa Política de Utilização de Cookies. Política de Utilização de Cookies.
Tratamento de Dados Pessoais

Ao preencher um formulário no www.creditohabitacao.com e selecionar a opção “Aceito o Tratamento de Dados Pessoais” o utilizador aceita o tratamento dos seus dados pessoais. Este tratamento destina-se, exclusivamente, ao estabelecimento de relações comerciais e promoção de produtos entre os utilizadores e o www.créditohabitação.com, ou as sociedades que com o www.créditohabitação.com estejam em relação de domínio, de parceria, de Grupo ou que atuem por intermédio do www.créditohabitação.com em regime de subcontratação, autorizando neste sentido o www.créditohabitação.com a utilizar e comunicar às entidades referidas os dados pessoais recolhidos. Sem prejuízo do anteriormente referido, será mantido o sigilo absoluto sobre toda e qualquer relação com os utilizadores respeitando a legislação em vigor.

O Titular dos dados pessoais têm direito a aceder e conhecer os dados que sejam registados sobre si, sem demoras ou custos excessivos e, completar, retificar e eliminar, livremente e sem restrições, com periodicidade razoável, a informação a seu respeito constante das bases de dados do www.créditohabitação.com ou das entidades acima referidas, através de contacto pessoal, ou por comunicação escrita dirigida ao www.créditohabitação.com, enquanto responsável pelo ficheiro de dados pessoais. Os Titulares dos dados pessoais tem o direito de se opor, a seu pedido e gratuitamente, ao tratamento dos seus dados pessoais para efeitos de marketing direto, marketing de empresa ou de qualquer outra forma de publicidade, ou ser informados antes de os dados pessoais serem comunicados pela primeira vez a terceiros para fins de marketing direto.

O acesso, utilização ou registo no www.creditohabitacao.com implica a aceitação pelo utilizador das condições anteriormente referidas.